artigos
+0 - 0  by /Nenhum comentário

Reunião da Diretoria do SINTESPB decide pela participação no Grito dos Excluídos e no Dia Nacional de Lutas no serviço público

O SINTESPB reuniu na última quarta-feira sua Diretoria Estadual para discutir a implantação do calendário de lutas elaborado pela FASUBRA e outros assuntos internos das universidades a exemplo da Estatuinte, turno contínuo de trabalho e crise financeira dos Hospitais Universitários.

Como principais propostas apresentadas se decidiu participar, no dia sete de setembro, do 23º Grito dos Excluídos em João Pessoa, promovido pelas centrais sindicais, movimentos sociais, pastorais de igrejas, comunidades quilombolas, indígenas e rurais, que teve como tema “Vida em primeiro lugar, por direitos e democracia, a luta é todo dia!”,  com o objetivo de denunciar o desmonte dos direitos e do patrimônio brasileiro.

Sobre o Dia Nacional de Luta com paralisação, que está sendo articulado pelas entidades representativas dos servidores públicos federais, para o próximo 14 de setembro, o SINTESPB estará convocando uma assembleia geral para terça-feira, dia 12, às 10:00 horas, no auditório da entidade, para deliberar como vai ser a mobilização dos técnico-administrativos da UFPB neste evento.

Na oportunidade, também serão escolhidos os delegados que representarão o SINTESPB na Plenária Nacional da FASUBRA, que será realizada nos próximos dias 16 e 17, em Recife.

A presidente do SINTESPB, Marizete Figueiredo, conclama todos os sindicalizados a aderirem às atividades programadas a exemplo da assembleia geral, que definirá a participação da categoria no Dia Nacional de Luta em defesa dos servidores e dos serviços públicos, que pretende denunciar as contrarreformas da Previdência e Trabalhista e os cortes do orçamento das instituições de ensino superior.

+ 0 - 0

  Comentários do artigo

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.