artigos
+0 - 0  by /Nenhum comentário

Assembleia delibera sobre a construção do Dia Nacional de Paralisação nas IFES e escolhe delegados à Plenária da FASUBRA

O Sindicato dos Trabalhadores em Ensino Superior da Paraíba- SINTESPB, após a participação significativa na Parada Internacional das Mulheres, realizada neste dia 08 de março levando para as ruas como principais bandeiras não à reforma da Previdência e a violência à mulher, reuniu na manha desta quinta-feira, a categoria em assembleia- geral, no auditório da entidade, para discutir e deliberar como principais pontos de pauta a escolha de delegados para a Plenária Nacional da FASUBRA, que acontecerá no período de 17 a 19 de março, em Brasília e a construção na Paraíba do Dia Nacional de Paralisação com Mobilização nas Instituições Federais de Ensino Superior, para denunciar as consequências da reforma da Previdência.

Participaram da assembleia do SINTESPB com o objetivo de contribuir na organização e fortalecimento do ato representação da Frente Brasil Popular, Central Única dos Trabalhadores, CSP-Conlutas e alguns diretores da ADUF-PB, que vieram convidar a categoria dos técnico-administrativos da UFPB e o SINTESPB para uma palestra seguida de debate, que acontecerá nesta sexta-feira, dia 10, às 14:00 horas, no Centro de Educação, sobre os malefícios da Reforma da Previdência na vida dos servidores públicos.

Na oportunidade, também foi avaliada a marcha das Mulheres, que recebeu muitos elogios pela organização e participação, inclusive as mulheres do SINTESPB foram parabenizadas pelo engajamento e mobilização á Parada Internacional de Mulheres.  

Os servidores técnico-administrativos da UFPB aprovaram ainda como deliberação na assembleia intensificar a mobilização inclusive em parceria com outras entidades para a realização de um grande ato no Dia Nacional de Paralisação na Educação, no próximo dia 15, participar de todas as atividades programadas contra a Reforma da Previdência, cobrar da Reitoria da UFPB uma resposta para os itens do documento reivindicatório entregue já há um tempo, além de uma audiência conjunta com a direção do HULW.

Em nível nacional, foi aprovado cobrar da FASUBRA empenho maior para agilizar a campanha salarial com vistas ao atendimento da pauta;  que mova ações junto ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão para coibir os aumentos abusivos das mensalidade do Plano de Saúde GEAP, uma vez que é o MPOG  o responsável pela gestão do convênio, e  a realização do CONFASUBRA no mês de dezembro, conforme já tinha sido aprovado em reunião de direção.

No final da assembleia foi escolhida a delegação do SINTESPB para a Plenária Nacional da FASUBRA.

+ 0 - 0

  Comentários do artigo

Seu e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *.